01 setembro 2008

No Vazio

Dou um salto no vazio
em cada passo que dou
num constante desafio
sem saber para onde vou.


Acerto o passo e caminho
na direcção pretendida
à procura do meu ninho
onde mora a minha vida...


Se chego já não está lá
se não chego nunca sei
para quê a caminhada...


a vida está mesmo má
e com os passos que dei
na vida não andei nada!


Silvestre Bastos Oliveira


in Meu Nascente, edição do Autor, 1997

Sem comentários: