21 junho 2010

"VERSOS SOLTOS DE CADA DIA"

(Excertos)

7.

Hoje, tudo o que escrevo é para ti
e não é preciso
dizer o teu nome:
se digo céu,
rosa,
terra,
Revolução,
ar, mar, poesia...
é a ti que nomeio.

Rafael Alberti

com a devida vénia, de ANTOLOGIA POÉTICA, Selecção e Tradução de Albano Martins, Campo das Letras Editores, S. A., Abril de 1998

4 comentários:

carmen disse...

Amo este Poeta, que bom encontrá-lo aqui!!!

Um beijo

Carmen Silvia Presotto

Domingos da Mota disse...

Cara Carmen,

Também gosto muito dos poemas de Rafael Alberti.
Obrigado pela visita.

ADRIANO NUNES disse...

Caro Domingos,

Belíssimo!


Abraço forte!
Adriano Nunes.

Domingos da Mota disse...

Caro Adriano Nunes,

Rafael Alberti é um grande poeta.

Obrigado.